Monumentos

Freguesia de Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa

Capela de Santa Ana - Pinhal

Composta por nave única, capela-mor mais estreita e baixa, com coberturas a duas águas e sacristia com cobertura a uma água continuando a da capela-mor.

A fachada apresenta um pórtico de acesso, sobre esta um óculo redondo. A empena é guarnecida com beiral de telha mourisca e rematada no vértice por uma cruz em pedra. Na fachada existe uma porta de acesso ao interior da capela e, junto a esta, uma outra de acesso à sacristia.

A sineira é de cantaria, com eventual desenho de seguidores locais de Rodrigo Franco, arquitecto do Santuário do Senhor Jesus da Pedra. Esta sineira, com apenas um sino, assenta na parede da sacristia, sensivelmente na intercepção com a parede da fachada lateral da capela.

O interior compõe-se de nave única com tecto de três planos distribuído em nove painéis em madeira decorada; capela-mor separada da nave por arco triunfal de volta perfeita. À entrada do templo, ao lado direito, encontra-se uma pia de água benta e ao lado esquerdo o acesso ao coro. O coro é em madeira policromada, incluindo a balaustrada e o tecto do sub coro. Toda a nave e capela-mor apresentam um lambrim de azulejos historiados, policromos, da fábrica do Juncal (c. 1770-80), reportando-se a vários passos da Vida de Santa Ana. Os diversos painéis do lambrim são rematados com uma cruz perfazendo a Via-sacra. Ao lado do Evangelho existe um púlpito acedido através da sacristia.

A decoração do templo é rococó. Ladeando o arco da capela-mor estão duas edículas destinadas às imagens de N. S. de Fátima e N. S. da Conceição (ambas da segunda metade do século 20). O tecto da capela-mor é de abóbada de berço, em madeira, profusamente decorada com motivos vegetalistas e uma "pedra" de armas central legendada. O retábulo da capela-mor é em madeira entalhada, dourada e policromada imitando mármores.

A tribuna do altar, onde se encontra a imagem da padroeira, é um nicho côncavo, rematado por uma moldura, instalada entre duas pilastras e, sobre este conjunto, assenta um frontão. Ladeando o conjunto central existem duas edículas com as imagens da Virgem com o Menino e São José com o Menino. Todas as imagens da capela-mor são coevas à decoração da capela (c. 1770-80). Não revela a existência de sacrário. Da capela-mor acede-se à sacristia. Nesta destaca-se apenas um lavabo de pedra e o acesso ao púlpito.

Ver documento

Partilhar: