Capeleira




Outrora conhecida como "Casais da Capeleira" terá tido o seu desenvolvimento demográfico a partir da década de 40 do século XX.

Até aí apenas existiam algumas quintas e habitações dispersas. Exemplo disso é a inexistência de locais de utilização coletiva como igrejas (com exceção das privadas), praças ou jogos.

Nos dias de hoje a Capeleira tem a fruticultura como principal atividade económica. Com um crescimento demográfico também o associativismo foi crescendo sendo exemplo disso a ARCACEN e o Rancho Folclórico e Etnográfico da Capeleira.

Galeria de imagens

Partilhar: